05/04/2021
Categorias que mais cresceram as vendas nos primeiros meses de 2021

Categorias que mais cresceram as vendas nos primeiros meses de 2021

Um ano após o início da pandemia, o Brasil ainda enfrenta as medidas de isolamento social. E com tanto tempo dentro de casa, os hábitos dos consumidores mudaram: as atividades se tornaram in door e o consumo se voltou para o lar. As compras e vendas passaram a ser pelo e-commerce, que apresentou um aumento expressivo no ano passado e tem perspectivas para seguir forte esse ano.

Mas, para que isso aconteça, é importante acompanhar as mudanças do consumidor – que continuam acontecendo com rapidez. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Criteo sobre o comportamento de compras online no Brasil. De acordo com os dados, houve aumento na compra online de alguns alimentos, como snacks e chocolates em 2020, mas neste ano os mesmos itens tiveram queda de 27%. Já outras categorias que caíram no ano passado, como artigos esportivos, aumentaram este ano.

“A pandemia causou mudanças duradouras no comportamento do consumidor. Isso se reflete diretamente nas compras e canais de consumo escolhidos pelos brasileiros à medida que a pandemia evolui”, afirma Tiago Cardoso, diretor geral para a América Latina da Criteo.

Confira a seguir categorias que estão ganhando destaque nos primeiros meses de 2021.

Acessórios, roupas e produtos esportivos

Dados da mostram que as vendas de acessórios e roupas, impactada no ano anterior, obtiveram crescimento nos últimos meses. A Criteo destaca aumento de 23% no setor, tendo roupas e trajes de banho com o maior destaque (+227%), seguidos por chaveiros (+113%), anéis (+111%) e colares (95%).

Outro destaque interessante foi a venda de produtos esportivos. Em 2020, houve uma retração expressiva, visto que no começo da quarentena, ainda não havia ficado claro como seria a prática de esportes fora de casa — e mesmo dentro.

Já para este ano, houve um crescimento de 127% nas vendas para o setor. Esse aumento tem relação com as mudanças de hábitos dos brasileiros, visto que uma parcela tem se dedicado aos exercícios dentro de casa ou caminhadas ao ar livre, por exemplo. Além disso, também houve um destaque para a prática de meditação e Yoga: a busca por aplicativos teve crescimento de 149%.

Produtos eletrônicos

Com o isolamento social, a necessidade de ter aparelhos eletrônicos se fez bastante presente na vida das pessoas, visto que toda a comunicação e boa parte do lazer ficaram restritos a esses dispositivos. E como a adesão ao home office foi adotada por uma parcela generosa das empresas, a compra de eletrônicos destinados ao trabalho também aumentou.

O levantamento da Criteo mostra que houve um grande crescimento na venda de laptops (666%) e de tablets (492%). Com a permanência em casa, esse percentual deve aumentar ainda mais nos próximos meses.

Fora das compras essenciais ao trabalho, vendas de produtos eletrônicos voltados ao lazer também cresceram. De acordo com o relatório, as vendas de videogames aumentaram 412% e as de televisores 248%.

Produtos para casa

Além dos eletrônicos, outros produtos que foram impulsionados pela pandemia foram os relacionados à casa. Também por causa do home office, houve um aumento de 142% nas vendas de cadeiras de escritório e 125% para escrivaninhas nos primeiros meses de 2021.

No caso dos produtos destinados à decoração, o estudo aponta crescimento de 28% para vendas online. Com a permanência constante dentro de casa, houve um movimento para adaptar o lar às necessidades e deixá-lo mais bonito e confortável. Isso acarretou um aumento de 188% nas vendas de itens para a sala de jantar, bem como 161% em prateleiras e 59% em mesas de cabeceira.

Dentro dessa nova rotina caseira, as pessoas também começaram a cozinhar mais em casa, o que impulsionou a compra de utensílios para a cozinha. A pesquisa destaca que a compra desses produtos teve crescimento de 272%.

 

Fonte: Novarejo


Entre em Contato

Rua Minervino Miguel Ferreira
354, Centro - Tijucas SC
CEP: 88200-000
48 3263 0640 / 48 3263 7400
99932-4012
[email protected]

Inscreva-se em nossa Newsletter

Top

Preencha todos os campos obrigatórios.

No momento não conseguimos enviar seu e-mail, você pode mandar mensagem diretamente para [email protected]

Preencha todos os campos obrigatórios.

Contato enviado com sucesso, em breve retornamos.

Você será redirecionado em alguns segundos!